segunda-feira, 28 de setembro de 2015

DOENÇAS PSICOSSOMÁTICAS - UMA PUBLICAÇÃO FRANCESA SETEMBRO DE 2015

Olá amigos, como de costume pescamos um artigo divulgado pela pagina da Association Centre de Diffusion de la Microkinésithérepie (http://www.acdmicrokinesitherapie.fr). Apesar de algumas boas informações contidas nesta publicação gostaria de refutar algumas arfimações contidas neste texto.


Logo de inicio a autora propõe um conceito para doença psicossomática como uma condição promovida somente quando não há causa aparente. Ora exceto em situações de trauma físico ou  intoxicação todas as doenças são psicossomáticas pois a psique e o corpo não são estruturas independentes do corpo. Este conceito apresentado no artigo pode nos levar pensar no chavão  "isso é coisa da sua cabeça" e criar uma falsa impressão que o que sentimos fisicamente não é real, o que considero uma ideia sem serventia nenhuma pelo contrario produz mais estresse uma vez que passamos a  acreditar que não conseguimos controlar a própria cabeça.

Baseada em minha experiência "tudo é coisa da cabeça somada ao corpo". Se eu tomo um susto eu não vou parar e pensar  " Ei, eu estou com medo então contraia os músculos e corre". Todos os estímulos que recebemos a nossa volta provoca natural e automaticamente uma resposta de sentir emocional e física.
Então doenças na verdade são respostas corporais aos estímulos ambientais, o que se espera portanto é que quando o estimulo estressor cesse, a fisiologia emocional e física retorne ao estado de equilíbrio natural, homeostase . Porém em algumas situações ou o estressor permanece lá ou o subconsciente "não acredita" que o perigo passou.
Nestes casos podemos usar ferramentas como a microfisioterapia para reprogramar o corpo-mente para ressignificar  o grau de perigo do estressor ou ainda "desligar" o alarme contra um perigo que já passou.
Outro ponto importante  do texto diz respeito a afirmação que com a descoberta da  presença da bactéria no estomago não há mais como causa a ação do psiquismo; também discordo desta afirmação pois em muitos casos as pessoas apresentam esta bactéria há anos no estomago sem nenhum prejuízo e então por um evento percebido emocional e fisicamente como estressante a sua volta provoca alterações no funcionamento do estomago e as bactérias começam a gerar prejuízo.
Acho que vale pena dar uma olhada nesta publicação francesa e refletirmos sobre isto, pois pode nos ajudar a solucionar incômodos que tratamos a tempos apenas com químicos ou apenas com terapias.
Na nossa opinião o mais eficaz é usar de todas as ferramentas para buscar o bem estar e você o que acha?
Boa Leitura
Equipe Biointegral

Enciclopédia > Psicologia mente e corpo > Doenças psicossomáticas

As chamadas doenças psicossomáticas são o conjunto de condições físicas para sem nenhuma causa orgânica detectável, onde se suspeita uma origem psíquica. O distúrbio fisiológico é assim o reflexo de um sofrimento moral. 

Causas

Ansiedade, estresse, traumas psicológicos podem causar distúrbios fisiológicos. Na verdade, o estresse promove a produção de determinados hormônios que diminuem as defesas imunológicas. Se esse estresse é durável, as defesas permanecem baixas e podendo ocorrer alguma afecção. 
No entanto, todos reagem de forma diferente ao stress e, portanto, as consequências não serão as mesmas para todas as pessoas. 

Sintomas

Os distúrbios gastrointestinais, doenças de pele ou inflamações são doenças psicossomáticas frequentes. Mas não há nenhuma lista exata dessas doenças psicossomáticas, então os transtornos podem também sofrer intervenções psicológicas. 
As doenças psicossomáticas são frequentemente de caráter crônicos, um incomodo diário. 

Um caso em particular de úlcera de estômago

A úlcera de estômago tem sido considerado como uma desordem psicossomática, devido ao estresse, mas os pesquisadores descobriram que era a presença de bactérias no estômago que causa esta doença. Assim, a simples tomada de antibióticos torna possível  agora tratá-lo. 

Conselho

Stress gestão é primordial para o tratamento de uma condição psicossomática. A prática de um esporte, exercícios de relaxamento ou meditação e lazer fora do trabalho  ajuda a relativizar os seus problemas e a limitar as manifestações do estresse. 
Lembre-se de limitar o seu consumo de café de álcool e tabaco.


Produzido em colaboração com profissionais de saúde e medicina, sob a direção do Dr. Pierrick Horde.
Site: http://sante-medecine.journaldesfemmes.com/contents/754-les-maladies-psychosomatiques




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...