domingo, 13 de julho de 2014

ISTO É MEU E FICA NO MEU TERRITÓRIO!

São muitas as possibilidades que sentimos como nossa propriedade. É a família, o companheiro (a), o quarto, os amigos, o trabalho... Sempre que sentimos que algo pertence ao nosso território, instintivamente, tendemos protege-lo de ameaça perigosa.
Uma das estrategias naturais acionadas para espantar o perigo reconhecido é um som muito forte amedrontador, um rugido!
Para que o rugido ocorra o sistema corpo-mente promove condições fisiológicas de aumento na captação e armazenamento do oxigênio. O armazenamento é realizado através de um broncoespasmo que capacita o organismo com mais oxigênio disponível para ser liberado com mais força, aumentado a qualidade "rugido".
Na medida que  o sistema corpo-mente percebe que o território está seguro inicia-se o processo de eliminação do excesso de  ar armazenado através dos sibilos (chiados).
No video a seguir é possível reconhecer o mesmo som da asma brônquica no rugido da  leoa defendendo o território.

Neste sentindo o que será que as crianças reconhecem como território? Quais símbolos podem ser tão fortes a ponto de acionar estes mecanismos? No 19º programa Biointegral apresentado na Radio Mundial pelos fisioterapeutas Fresia Sá e Sergio Bastos Jr. eles abordam esta e outras aspectos da asma brônquica.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...