domingo, 20 de julho de 2014

BOM FILHO

O que as pessoas esperam de um bom filho? Quando criança, o modelo de bom filho é o obediente; quando adulto aquele que cuida dos pais. Mas será que este realmente este é um bom modelo para nós? Será que essencialmente este é o modelo que nos permitir desenvolver como seres humanos felizes?

Quando crianças os pais procuram nos apresentar o mundo conforme a sua percepção - experiência de vida mas muitas vezes a criança tem um espírito livre e experimenta a vida de maneira diferente. O filho pode por muitas vezes se sentir ruim por estar desobedecendo, acertando ou errando (o que é um conceito relativo).  Por exemplo quando aprendemos que enfiar o dedo na tomada elétrica pode ter como conseqüência  receber um choque, o acolhimento deste aprendizado pode ter ocorrido  por medo ou porque experimentamos e sentimos em nosso corpo que realmente aquilo gera uma sensação ruim.


Então desobedecer pode não ser um modelo tão ruim, mas criticar e julgar o padrão que os pais nos submeteram pode gerar muito mais rancor e repostas desequilibradas no nosso sistema corpo-mente.

adultos vivemos um outro questionamento quanto ao paradigma de como auxiliar os pais, principalmente nas questões de saúde. Este é um momento delicado podemos ferir a dignidade dos pais e torná - los incapazes , e isto nos torna grandes arrogantes.  É interessante rever o modelo de cuidado dos pais, testando  e sentindo cada nova  experiência da relação pais e filhos. Manter esta balança num equilíbrio dinâmico nos permite vivenciar com os pais uma relação agradável para ambos os lados.

Portanto reconsiderar o padrão de bom filho pode nos livrar do estigma do mau filho. Quando assumimos internamente a crença  que somos ou fomos em algum momento um péssimo filho o nosso sistema corpo-mente pode responder desenvolvendo doenças auto imunes, uma vez que faz sentido destruir aquilo que é imprestável.
No 20º Programa Biointegral apresentado  às sextas-feira na Radio Mundial os fisioterapeutas Fresia Sá e Sergio Bastos Jr. discutem este tema falando também sobre arrogância X humildade. 




Os filhos dos filhos

são uma coroa para os idosos,

e os pais são o orgulho dos seus filhos. 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...